O Inconsciente

Ep.15: O Inconsciente | Decisões motivadas pelo inconsciente.

Marianna sente necessidade de cortar o cabelo. No salão de beleza, lembra da avó e de seus ensinamentos.

Marianna acorda bem cedo na segunda feira, olha no espelho e decide marcar hora no salão para cortar o cabelo.

Antes de entrar na loja passa no cabelereiro no subsolo do shopping e agenda para o horário do intervalo do almoço. A manhã foi corrida, muitas roupas para colocar em cabides, uma sensação ruim, mas logo se lembra que irá no salão e retoma um sentimento de bem estar. A sensação era que ao cortar o cabelo a vida ganharia um pouco de brilho.

O rapaz do salão é sempre muito simpático, dando risadas e contando sobre o aniversário da amada avó que completou oitenta e cinco anos. Disse ele: “A idade já é avançada, mas a danadinha é esperta que dá prazer em estar junto”.

Marianna sorria ouvindo o amigo enquanto cortava o cabelo. Um minuto de silêncio, Marianna olha no espelho e lembra que sua vozinha sempre elogiava suas longas madeixas:

“Marianna, seu cabelo é muito bonito, brilhoso e saudável. Como é lindo este cabelo minha menina”

A voz da avó parecia estar presente.

“Minha vó também foi uma pessoa extraordinária, sinto tanta saudade… mas ela se foi muito cedo. Ela conversava muito comigo. Me lembro de quando ela fazia o origami do cisne, me dava de presente e que explicava que: “

O cisne é uma ave que frequentemente é associada à fidelidade e à lealdade, especialmente em relação ao amor romântico.

Recordava Marianna ao contar para o amigo no salão.

Marianna se empolgou e continuou falando. Ela contou também que uma das razões pelas quais o cisne é associado à fidelidade e lealdade pode ser por tendência a monogamia. Os cisnes geralmente acasalam-se com o mesmo parceiro por toda a vida.

“Sei… e a amiga está apaixonada né? Querendo encontrar seu cisne para fidelidade eterna… kkkkk”. Mais uma gargalhada de seu amigo enquanto finalizava o corte.

“Nãaaooo, para! Só estou recordando as falas da minha vó. Nossa, tenho 15 minutos para comer e voltar para a loja”.

Marianna realmente estava gostando da companhia de Samuel. Porém o que marcou foi a sensação ruim quando Samuel colocou a mão no cabelo dela.

E sabem de uma coisa?

Ela não fez nenhuma conexão entre os acontecimentos do dia anterior e a necessidade de cortar o cabelo no dia seguinte.

TEMOS MUITOS COMPORTAMENTOS INSCONSCIENTES, NEM SEMPRE SABEMOS O MOTIVO QUE NOS MOVE PARA AÇÃO.

Desvendando o Inconsciente

Autora: Sandra Barilli

Referência: Sigmund Freud

Ep. 15

Scroll to Top