O que é trauma para Ferenczi

Ep.11: O que é trauma para Ferenczi? | Traumas de infância.

Ainda no chalé, dona Silvia conta um pouco sobre sua história de vida e desperta a curiosidade de Marianna.

Naquela noite Marianna e dona Silvia dormiram cedo, o dia anterior foi intenso. O sol nasceu e dona Silvia dormia profundamente. Marianna se levantou com todo cuidado para não fazer barulho, abriu a porta e se deitou em uma rede na varanda do chalé.

 

Ao longe, observava um cisne no lago que nadava calmamente fazendo pequenas ondas na lagoa. Imediatamente Marianna se lembrou de sua avó e pensou “um cisne no lago, um lugar aconchegante, fazia tempo que não sentia essa sensação de bem estar.”

 

Era um pouco confuso porque a atmosfera era de acolhimento, Marianna sentia este bem-estar, mas ao mesmo tempo, um sentimento de inadequação. Medo de não merecer tudo aquilo, de decepcionar dona Silvia que estava sendo tão generosa.

“Dona Silvia é uma pessoa admirável, parece saber o que quer, é uma ótima líder, no entanto já falou sobre ter se sentido muito mal emocionalmente.

Quem sabe eu também possa fazer terapia e um dia ser como ela...

Quem sabe também possa compreender um pouco melhor as minhas emoções? Nossa se um dia eu for dez por cento do que ela é já me dou por satisfeita”.

Marianna sorriu com seus próprios pensamentos que foram interrompidos pela voz de sua chefe.

“Ahhh Marianna você está aiii? amo esta rede. A vista para o lago me acalma”.

“Eu também gostei, passaria o dia aqui”. 

“Vamos tomar nosso café, você vai amar os pães feitos em forno a lenha”. 

Marianna estava ansiosa para conversar e tirar suas dúvidas.  Sentadas em uma mesa de madeira esperaram que servissem o delicioso café da manhã. Um pequeno vaso no centro da mesa com flores amarelas proporcionava um ar campestre.


Marianna tinha muitas perguntas, mas não queria ser inconveniente. Queria ser simpática, retribuir a atenção que estava recebendo. Massss… a curiosidade foi maior que seu autocontrole, de repente saiu a pergunta desejada.


“O que exatamente se faz na terapia? Eu nunca fui a um psicólogo”.

“EXISTEM MUITOS TABUS QUANTO A TERAPIA, AS PESSOAS PENSAM QUE FAZER TERAPIA É SINÔNIMO DE FRAQUEZA DE PERSONALIDADE. MAS NÃO É NADA DISSO.

TODAS AS PESSOAS QUE DESEJAM CRESCER NA FORMA DE SER E TER MAIS AUTOCONHECIMENTO ESCOLHEM PASSAR POR ESTE PROCESSO.

NO MEU CASO EU TINHA MUITOS TRAUMAS DE INFÂNCIA, MUITOS COMPORTAMENTOS AUTODESTRUTIVOS”.

Marianna queria saber quais são estes comportamentos autodestrutivos, mas seria intimidade demais. Então foi para outra curiosidade.

"O que é exatamente um trauma?"

“Veja Marianna, a minha psicanalista me explicou de uma forma bem simples…”

Trauma é uma ferida na alma causada por outra pessoa. Ou seja, ainda quando criança as pessoas podem nos fazer muito mal, podem fazer coisas que ainda não temos condições de compreender. De modo geral, eles são causados por diferentes tipos de abusos.

“No meu caso passei por abuso sexual. Um tio, irmão da minha mãe era uma pessoa muito querida e sempre se propunha a cuidar de nós enquanto minha mãe trabalhava. Ele tocava nossas partes intimas.

No início nem sabíamos o que estava acontecendo e, conforme fomos crescendo, eu e minha irmã, fomos adoecendo. Qualquer hora lhe conto mais detalhes, agora quero saborear estas maravilhas”.

Marianna balançou a cabeça concordando com a patroa, mas sua cabeça estava a mil por hora. Aquela mulher a sua frente, parecia estar contando algo que ela mesma havia vivenciado.

“Está tudo uma delícia! Inclusive quero aproveitar o momento para lhe agradecer pelo convite para estar aqui. Nunca imaginei algo assim, o lugar, sua companhia e experiência de vida são impressionantes para mim. Não me acho merecedora disso, não estou acostumada com isso. Fico até um pouco envergonhada… se um dia você precisar de mim, estarei sempre aqui”.

Neste momento os olhos de Marianna já estavam marejados e a voz embargada.  Dona Silvia sorriu, pegou na mão de Marianna e disse:

"Você não me deve nada, o que é bom precisa ser compartilhado. Aprenda esta lição: nem tudo é uma troca, meu carinho por você é incondicional".

Trauma em Ferenczi

Autora: Sandra Barilli

Referência: Sándor Ferenczi

Ep. 11

Scroll to Top